CONCURSO DE EFICIÊNCIA HÍDRICA

Porque há iniciativas que fazem a diferença!

No dia em que se assinalou o Dia Mundial da Água, 22 de março, foi lançada a 1ª edição do Concurso “Eficiência Hídrica na Escola”. Uma iniciativa inédita que visa distinguir os melhores projetos das escolas do Algarve com boas práticas ao nível da Eficiência Hídrica. A iniciativa resulta de uma parceria entre a APA-Agência Portuguesa do Ambiente, a ADENE - Agência para a Energia, a AMAL- Comunidade Intermunicipal do Algarve, a empresa Águas do Algarve, a Universidade do Algarve e a DGESTE - DSR Algarve.


O concurso tem como objetivo sensibilizar e mobilizar as comunidades escolares da região para a necessidade de monitorizar o seu consumo da água, promovendo simultaneamente a implementação das melhores práticas para o seu uso eficiente.

As escolas e as respetivas autarquias podem submeter a concurso os seus projetos até ao dia 5 de junho de 2021, devendo a inscrição ser realizada um mês antes, através de plataforma digital a disponibilizar oportunamente.


As mais recentes projeções climáticas para a região do Algarve preveem um aumento da frequência e severidade dos períodos de seca, com impactos ao nível da quantidade e qualidade dos recursos hídricos, pelo que se torna urgente estabelecer metas e horizontes temporais de eficiência hídrica para os principais usos, podendo a Escola funcionar como um “laboratório” de boas práticas ao nível das infraestruturas e dos próprios e comportamentos.


Para o Vice-Presidente da APA, Pimenta Machado, “a grande aposta dos próximos anos é tornar os sistemas ligados à água mais eficientes”, sendo, assim, fundamentais os projetos previstos no Plano Regional de Eficiência Hídrica do Algarve e no PRR, nomeadamente a construção de uma infraestrutura de dessalinização da água do Mar. E acrescentou: “por esta altura, no ano passado, as barragens do Algarve garantiam o abastecimento de água apenas por mais um ano; atualmente, a situação está melhor, mas é um problema com o qual a região se vai debater nos próximos tempos”.


Uma preocupação partilhada por António Pina. O Presidente da AMAL garantiu que “este é um tema que tem estado no topo das agendas dos 16 municípios da região, uma vez que é um dos principais desafios que enfrentamos: a escassez da água. Por isso, aceitámos ser parceiros nesta iniciativa, até porque acreditamos que as comunidades escolares são importantes veículos de informação”. Segundo António Pina, “queremos perspetivar um futuro mais sustentável e resiliente para a nossa sociedade, daí que iniciativas como estas ajudem a sensibilizar cada vez mais as comunidades para este tema tão importante como a Água”.


A sessão de apresentação, promovida pela APA, decorreu online e contou com as presenças do Vice-Presidente da APA, Pimenta Machado; do Diretor Regional da ARH Algarve da APA, Pedro Coelho; e dos representantes dos parceiros desta iniciativa: António Pina, Presidente da Comunidade Intermunicipal do Algarve; Nelson Lage, presidente da ADENE; António Eusébio, Presidente do Conselho de Administração da Águas do Algarve; Alexandra Teodósio, Vice-reitora da Universidade do Algarve; Alexandre Lima, Delegado Regional da DGESTE-DSR Algarve.


(Publicado na página da Amal - Comunidade Intermunicipal do Algarve)


O regulamento do concurso pode ser consultado aqui.